Xbox Live
O ataque cibernético à rede da Sony, Playstation Sony que fez com que a rede de jogos online da Sony ficasse desativada por várias semanas, deixou vários usuários nervosos. Os usuários da Xbox Live também se preocuparam (inclusive eu) com a possibilidade de um ataque similar ter ocorrido (ou ocorrer) no mesmo período. Agora, a Microsoft decidiu dar ao público em geral um vislumbre de como a empresa tenta manter a Xbox Live a salvo de hackers, phishers e outras complicações.

Em um artigo no Microsoft Press, a empresa dá algumas informações sobre a Política da Xbox Live e a equipe. De acordo com o artigo, apesar da rede Xbox Live continuar a crescer, o número de jogadores que estejam envolvidos em atividades ilegais ou ameaças. Stephen Toulouse, diretor do grupo, diz: “Olhando para as estatísticas, a seção de maçãs podres com que lidamos todos os dias é pequena.”

Uma das maneiras que aquipe utiliza para mantr os jogadores mal-intencionados em vista é um software que eles desenvolverm, e que o chamam de Vulcan, que ajuda a lidar melhor com as reclamações dos jogadores. A equipe já trabalha com a segunda versão do software o Vulcan 2.

Mesmo o Vulcan ajudando a equipe, os jogadores não devem pensar que a rede Xbox Live é igual a famosa Skynet (com inteligência artificial). Um Membro da equipe, Boris Erickson, diz: “A maioria das decisões têm um humano como autor, mesmo nesse mundo automatizado em que vivemos.”

Com informações de Microsoft Press e NeoWin.