IPv6 ou Internet Protocol Version 6 é uma evolução do IP, cujo aprimoramento mais visível é o fato de trabalhar com endereços de 128 bits (na versão 4 do IP são 32 bits) viabilizando assim o futuro crescimento da Internet.

O IPv6 foi oficialmente criado em dezembro de 1998 pela Internet Engineering Task Force (IETF) com a publicação de uma especificação padrão da Internet, o RFC 2460.

Porque uma nova versão do IP é necessária?
Em 2003, Paul Wilson (diretor de APNIC) afirmou que, com base nas atuais taxas de implantação, o espaço disponível iria durar uma ou duas décadas. Em setembro de 2005, um relatório da Cisco Systems sugerem que o pool de endereços disponíveis iriam acabar em menos de 4 a 5 anos. Em maio de 2009, um relatório atualizado diariamente projetou que os endereços alocados seriam esgotados em junho de 2011, com os vários Registros Regionais da Internet. Agora existe um consenso entre os Registros Regionais da Internet que diz que o processo de exaustão dos endereços IP será entre 2010 e 2011. E segundo o IPv6.br, no Brasil isso deve ocorrer entre 2012 e 2014.

Habilitando o IPv6

No Windows XP/Sever 2003 Service Pack 1 ou superior:
O Windows XP e o Windows Server 2003 já possuem o IPv6, só que por padrão ele não é ativado, então é isso que vamos fazer:
1. Vá ao Menu Iniciar -> Executar e digite CMD e tecle enter:

2. Agora digite netsh interface ipv6 install no Prompt de Comando e aguarde a mensagem de Ok:

3. Agora é só reiniciar o Computador e pronto!

No Windows Vista / Server 2008 / Windows 7 / 8 / 10
Por padrão, nesses Sistemas Operacionais, o IPv6 já vem instalado e habilitado e nenhum procedimento adicional é necessário.

Se desejar obter mais informações sobre o IPv6, sugiro que acesse http://www.ipv6.br/