Logo do OpenOffice.org

Logo do OpenOffice.org

A Oracle anunciou sua intenção de descontinuar a suíte OpenOffice.org (OOo) na sexta-feira 15. Isso não chega a ser uma grande surpresa, na sequência, porque vários desenvolvedores já deixaram o projeto há vários meses. O grupo que deixou o desenvolvimento do OpenOffice.org fundou um grupo conhecido como The Document Foundation. A The Document Foundation, em seguida, começou a desenvolver uma alternativa para o OpenOffice, conhecido como LibreOffice. Sem surpresa, o pacote de software é gratuito, e é baseado no código-fonte do OpenOffice.

O LibreOffice já conseguiu o apoio de empresas comerciais tradicionalmente ligadas ao OpenOffice – como por exemplo, a Red Hat, Novell, Canonical, e o Google. Quando a The Document Foundation foi formado, eles pediram para a Oracle ceder os direitos do OpenOffice, mas a Oracle se recusou a entregar os direitos sobre o produto OpenOffice, e deu um passo ainda mais longe, a demissão em massa dos membros fundadores da The Document Foundation de seus cargos no desenvolvimento do OpenOffice.org. A grande popularidade do LibreOffice já convenceu os desenvolvedores de algumas distribuições do Linux a substituir o OpenOffice.

Embora muitos aplicativos de escritório open-source existentes, o OpenOffice.org é geralmente considerado como o mais popular, devido a sua aparência em muitas distribuições de Linux, incluindo o Ubuntu.